5 dicas para evitar estrias na gravidez

Saiba como prevenir estrias na gravidez

Cuidar da beleza é algo que não precisa ser deixado de lado durante a gestação. Pelo contrário. Alguns hábitos, como a hidratação da pele, devem ser reforçados no período a fim de prevenir principalmente as tão temidas estrias na gravidez.

Por conta do estiramento excessivo da pele ao longo dos meses, as regiões da barriga, seios e quadris ficam sujeitas ao aparecimento daquelas “linhas” que, inicialmente, têm a cor rosada, mas com o passar do tempo se tornam brancas e irreversíveis. Dessa forma, alguns cuidados dedicados a essas áreas do corpo precisam ser redobrados nessa fase para preveni-las.

É importante lembrar também que o ganho de peso expressivo durante a gravidez pode implicar em um estiramento ainda maior da pele. Portanto, ao engravidar, a primeira dica para manter a saúde do corpo – e da derme – em dia é seguir uma dieta balanceada. Para isso, é fundamental consultar o ginecologista e/ou obstetra de confiança. Alguns complexos vitamínicos podem entrar para o cardápio já durante o pré-natal, garantindo uma melhor evolução da gestação em todos os sentidos.

No mais, adote alguns hábitos no dia a dia para manter a cútis saudável e, consequentemente, evitar o aparecimento das estrias. Veja algumas dicas com a consultoria das especialistas Raquel Toyota, dermatologista, e Renata Menezes, ginecologista e obstetra.

DESCUBRA:  Nomes mitológicos para meninos e meninas e seu significados

1. Use cremes preventivos específicos para estrias na gravidez

Por conta do crescimento do feto, principalmente a região abdominal sofre um estiramento natural, o que pode favorecer o aparecimento das estrias. Então, para barriga, quadris e coxas, use cremes preventivos específicos para gestantes. Fique atenta ao rótulo!

“Escolha produtos hidratantes que contenham ureia na fórmula – quantidade máxima de 3% –, lactato de amônia, colágeno, elastina, vitamina E e óleos vegetais. Esses são os ativos que ajudam na prevenção de estrias e que podem ser usados antes e durante a gravidez”, explica Raquel.

Tanto o Hidratante Preventivo de Estrias como o Óleo para Gestante, ambos de Mamãe e Bebê, cumprem esse papel. Vegana, suas fórmulas possuem apenas o necessário para a pele. Elas não têm fragrância e são ricas em óleo de amêndoas, ajudando na prevenção de estrias e melhora da elasticidade da pele. Aplique no corpo úmido pós-banho ou seco, sempre que sentir necessidade. Aproveite o momento para fazer uma automassagem, com movimentos suaves e circulares, sentir sua barriga e conversar com o bebê. Esse é um ótimo ritual de descoberta do vínculo.

2. Hidrate os seios diariamente

Os cuidados com as mamas durante a gestação vão desde a escolha do sutiã adequado – que deve ser confortável e oferecer alta sustentação – à hidratação mais adequada, que deve ser diária. Mas lembre-se: a aplicação do creme não deve invadir a região das aréolas, que envolvem os mamilos.

DESCUBRA:  Sling: Conheça os modelos e aprenda a usar de maneira correta

“A hidratação deixa a derme mais amolecida e fina, só que a aréola e o bico precisam ficar mais ressecados para evitar rachaduras”, afirma a ginecologista e obstetra Renata Menezes. Para turbinar os cuidados, a especialista recomenda, quando possível, a tão disseminada dica do banho de sol sobre os seios. Essa prática costuma preparar a resistência dos mamilos para o momento da amamentação que virá pela frente.

3. Faça massagem regularmente

Aproveite os momentos em que for hidratar o corpo para realizar uma automassagem, principalmente na barriga e nas mamas. Os movimentos leves e circulares ajudam a melhorar a elasticidade da pele e ativam a circulação sanguínea das áreas massageadas. Use o creme ou óleo corporal de sua preferência e aproveite o momento para relaxar.

4. Evite banhos quentes e demorados

Essa dica vale para qualquer momento da vida. Durante a gestação, porém, o cuidado deve ser ainda maior devido à maior probabilidade de aparecimento de estrias. Evitar banhos muito quentes e demorados é um dos caminhos para impedir que a pele resseque durante essa fase tão transformadora.

DESCUBRA:  6 exercícios para fazer com o bebê em casa

5. Reforce a hidratação no último trimestre

Quando a gravidez chega no último trimestre, é natural se sentir cansada e acabar deixando alguns cuidados de lado. Só procure não se esquecer da hidratação. É nesse período que o bebê ganha mais peso e o crescimento abdominal, como consequência, se torna maior, aumentando as chances de estrias na gravidez. Por isso, intensifique o uso dos cremes e das massagens! O mesmo conselho vale para mulheres que atravessam o outono e o inverno grávidas. Nessas estações, os dias mais secos predominam, podendo prejudicar a pele nesse sentido.

Estria tem tratamento?

Em caso de aparecimento das tais cicatrizes durante a gestação, é importante consultar um especialista para o melhor diagnóstico. Alguns tipos de estrias têm, sim, solução. Mas cada caso deve ser tratado individualmente. O ideal é que o tratamento seja realizado logo que elas surgirem, mais especificamente na fase em que se encontram ainda rosadas.

*As especialistas consultadas nesta matéria foram ouvidas como fontes jornalísticas, não se utilizando do espaço para a promoção de qualquer produto ou marca

Fonte: Natura.com.br


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Faça agora seu chá de bebê online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *