5 erros comuns na hora de dar banho no bebê

  • 7
    Shares

Hoje iremos falar de algo bem comum e que gera medo em muitos papais e mamãe: A hora do banho. Para aqueles que não tem aquela ajudinha na hora de assear o bebê, podem ter várias dúvidas e receios de comer alguns erros na hora do banho. Mas não se preocupe, listamos aqui tudo que você precisa saber para não cometer os 5 erros comuns na hora do banho.

1 – COMEÇAR A DAR BANHO CEDO DEMAIS

Quando nasce, o bebê vem revestido por uma camada de gordura própria, vulgarmente, chamada de vernix. Trata-se nada mais, nada menos, do que um revestimento natural do corpo que, além de ajudar na hora do parto, também protege a pele sensível do bebê. Depois de nascer, essa camada ajuda e protege contra a mudança de temperatura e contra possíveis infecções, daí que não seja aconselhado dar o primeiro banho muito cedo. Ainda assim, quando o fizer tenha em consideração que deve ser um banho rápido e que não deve ser um banho rápido e que não deve usar muitos produtos – só aqueles adequados à pele delicada do bebê. Pelo sim, pelo não, adie o primeiro banho por, pelo menos 6 horas para não retirar logo essa camada.

DESCUBRA:  5 clássicos da literatura infantil brasileira

2 – DAR DEMASIADOS BANHOS AO BEBÊ

É também frequente que alguns pais comecem a dar banho ao bebê várias vezes por semana. Especialistas afirmam que a rotina higiênica é importante, mas para isso não é necessário que o banho seja diário. Uma ou duas vezes por semana poderá ser suficiente – mas salvaguardando sempre a higienização e limpeza da cara do bebê, tal como da zona mais íntima depois de cada muda de fralda.

3 – A TEMPERATURA DA ÁGUA DO BANHO – NEM MUITO QUENTE NEM MUITO FRIA

O ideal será manter uma temperatura amena de cerca de 37ºC. Se não estiver confiante quanto à temperatura, teste primeiro com o cotovelo na água ou com um termômetro próprio. Quanto às medidas, deverá encher a banheira entre 5 cm a 7 cm de água. Isso será suficiente para o bebê.

DESCUBRA:  Co-sleeping: saiba o que é e como começar agora mesmo

4 – PREOCUPAR-SE DEMASIADO COM O UMBIGO (E O CORDÃO UMBILICAL)

Não se preocupe muito com o cordão umbilical que ainda fica no umbigo, depois do nascimento. O cordão acabará por secar e cair por si próprio. Deverá sim, ter em atenção à pele que está debaixo e, se necessário, deverá limpar com gaze e com produtos próprios, caso perceba que esta zona está molhada ou suja. A cicatriz também acaba por cicatrizar com o tempo, pelo que deverá evitar mexer muito.

5 – UTILIZAR MUITOS PRODUTOS DE LIMPEZA

A pele do bebê é muito sensível, pelo que quantos mais produtos usar mais a pele do bebê está em contato com substâncias químicas, que podem causar alergias ou outras reações. Descomplique: um bom hidratante é suficiente, sem perfumes ou hipoalergênicos. E o mesmo serve para a quantidade: produto a mais também não é benéfico. Por vezes, menos é mais.

DESCUBRA:  Playlists para bebês: 8 listas para o seu bebê dormir e mais

Fonte: Saúde & Bem-Estar Jumbo/PT


  • 7
    Shares
  •  
    7
    Shares
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Faça agora seu chá de bebê online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *