Dia da Gestante: Uma data para lá de especial

Nesta quinta-feira, 15, é comemorado o Dia da Gestante, data mais do que especial, uma vez que o período da gravidez é muito importante para as mulheres, sejam elas marinheiras de primeira viagem ou não. Para alertar sobre os riscos e cuidados importantes nessa fase, o Dr. José Bento de Souza, ginecologista e obstetra pós-graduado pela Universidade de São Paulo (USP) e autor de diversos livros – entre eles “Engravidar! Sim, é possível” -, sugere algumas dicas.

A começar por uma alimentação saudável que garante às mamães uma gestação livre de anemias, hemorragias e diabetes gestacional. “É importante que as mulheres acrescentem cerca de 300 calorias a sua dieta diária para nutrir o feto em desenvolvimento, preferencialmente distribuídas em cinco refeições preparadas com ingredientes que são fontes de proteínas, ferro, cálcio e ácido fólico, preferencialmente com um baixo teor de gordura”, ensina o especialista.

DESCUBRA:  Mesversário: hábito de comemorar cada mês completado pelos bebês atrai famílias

IOGA PARA GRÁVIDAS: CINCO DICAS PARA FAZER EM CASA

Quanto ao peso ideal, podem esquecer aquela frase de “me alimento por dois”, o certo é variar entre nove e doze quilos em todo o período gestacional. “Esse aumento de peso pode ser de 1,5 a 2 quilos por mês após a 16ª semana. Sendo assim, é importante que haja restrição ao consumo de alimentos calóricos, como refrigerantes, balas e doces industrializados“, aconselha José Bento, que garante que as grávidas estão liberadas para os exercícios físicos de baixo impacto como caminhadas, alongamentos e hidroginástica.

“A prática da atividade física certa irá beneficiar o equilíbrio emocional da gestante, pois é um momento em que ela fica em contato com o próprio corpo, sentindo como o bebê reage aos seus movimentos” ressalta o obstetra. Os cuidados com a beleza também fazem parte da rotina de uma grávida. Para evitarem as temidas estrias nada melhor do que fazer uso de hidratantes e emolientes e recomenda-se evitar as tinturas nos cabelos, em razão da química.

DESCUBRA:  8 Melhores presentes para grávidas

DICAS PARA SER UMA BOA MÃE (OU BOM PAI)

Por falar em cabelos, eles costumam ficar mais bonitos e a razão é biológica: “Devido ao aumento da taxa de hormônios femininos (estrogênio e progesterona) no corpo da gestante, que pode chegar a até dez vezes mais do que o normal fora da gravidez, o cabelo da mulher cresce em um ritmo diferente, ganha mais brilho e força. Em relação à queda de cabelo, ocorre geralmente após o parto, pois com o nascimento do bebê a mulher tem uma diminuição brusca dos níveis hormonais”, compara o médico.

Na hora do sono a melhor posição é deitar do lado esquerdo, que facilita o fluxo sanguíneo e previne o inchaço e na hora “H” não há restrições, desde que a mulher esteja completamente confortável. Nos casos em que há suspeita de parto prematuro, placenta baixa ou sangramento é mais comum interromper a prática de relações.

DESCUBRA:  Childfree: vetar crianças em lugares públicos é aceitável?

AMAMENTAÇÃO SEM COMPLICAÇÃO: VEJA DICAS

A libido costuma aumentar, mais uma vez em razão dos hormônios. “Nos primeiros meses não há necessidade de mudanças nas relações sexuais, mas é importante que o casal se sinta confortável em manter a mesma intimidade e praticar as posições que desejam. No entanto, após o sexto mês é comum que haja alguns cuidados especiais. Neste caso, as posições mais indicadas acabam sendo quando a mulher fica de lado para o parceiro ou por cima. Porém, se houver algum incômodo ou dor, é importante que a gestante comunique seu parceiro e seu médico”, alerta José Bento.

Feliz dia da gestante para você mamãe 🙂

Fonte: Vix.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *