A mamada noturna: porque é tão importante

A mamada noturna é muito importante pois, ao succionar, o bebê garante uma adequada produção de leite e, de noite, o nível de prolactina aumenta. Explicaremos tudo o que tem de saber sobre esta prática tão importante!

Dar peito ao bebê, inclusivamente à noite, é fundamental. Durante as primeiras semanas, o organismo materno calibra a produção de leite em função das necessidades do bebê. Quanto mais o bebê mama, graças às mamadas frequentes, mais leite produz o peito.

Sendo assim, para favorecer o bom andamento da amamentação, temos que ter em conta uma série de conselhos:

  • Em primeiro lugar, para favorecer um bom andamento da amamentação e garantir ao bebê a nutrição adequadaas mamadas podem variar entre 8 e 12 durante as 24 horas.
  • Ainda assim, há que ter em conta que, durante a noite, o nível de prolactina, o hormônio responsável pela produção de leite, é mais alto, e o bebê encontra alimento em abundância. Por isso é tão importante oferecer-lhe peito também de noite.
  • Durante a fase de calibragem, as mamadas noturnas são tão importantes que, nos casos (poucos) nos quais o recém-nascido faça pausas muito longas (de mais de 4-6 horas), será a mamãe quem poderá oferecer o peito para estimular o bebé.
  • No que respeita a bebês dorminhocos, poderia ser necessário extrair o leite manualmente ou com a ajuda de uma bomba de tirar leite, pelo menos uma vez à noite, de modo a drenar o peito e manter a produção.
  • A amamentação noturna também é uma forma válida de prevenir as obstruções mamárias e as mastitesque costumam ser favorecidas por um intervalo demasiado longo entre mamadas.
DESCUBRA:  O que é a massagem Shantala? E como fazer no seu bebê

As mamães que amamentam descansam melhor

No que concerne às mamães, existem vários estudos que revelaram um dado muito interessante: as mamães que dão peito descansam melhor. Porquê?

  • O ritmo do sono sincroniza-se com o do bebê. Além disso, a prolactina, que entra em circulação durante a mamada, favorece o relaxamento da mamãe e do bebê. Deste modo, na maioria dos casos, o pequeno adormece a mamar e a mamãe volta a adormecer rapidamente.
  • A prolactina assegura à mulher um sono qualitativamente melhor, razão pela qual, mesmo acordando à noite, a mamãe que dá peito descansa melhor.
  • Além destes mecanismos fisiológicos, a grande comodidade da amamentação também ajuda a mamãe, pois permite-lhe satisfazer as necessidades do bebê sem ter de se levantar da cama. Pelo contrário, para as mamães que não dão peito, os despertares noturnos requerem mais envolvimento em termos de tempo e esforço.
DESCUBRA:  8 coisas para fazer agora que você vai ser pai

O peito também contribui para o descanso quando o motivo de acordar não é fome. Quando está ao colo da mamãe, o bebé sente-se confiante e, em geral, acalma-se rapidamente.

Omeubebe.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *